quarta-feira, 19 de setembro de 2007

Só o pó... mas com glória acadêmica e lutando pelos direitos animais!

Estou contente de iniciar meu trabalho acadêmico como defensor dos direitos animais (algo sutil, mas está indo). Mas não sei como estou vivo ainda... não dormi de ontem pra hoje pra montar minha apresentação de trabalho para minha disciplina de pós (como aluno especial) Estética e Rupturas. Meu trabalho foi fazer uma leitura da obra Arte e Ilusão: Um Estudo da Psicologia da Representação Pictórica (do aclamado teórico da arte Ernst Gombrich), para a minha pesquisa sobre Animações e Representações de Animais "de Produção" (meu projeto de mestrado).

Ah, eu mostrei até trechos do Carne é Fraca... eheh Deu pra causar um pouco do incômodo necessário.

Bom... Depois eu falo mais sobre isso, se houver interesse seu... Agora preciso desabar na cama... E recuperar minha noite de ontem pra hoje sem dormir... Pelo menos o pessoal falou que gostou... E inclusive a professora. Só acabei ficando muito tempo na apresentação... Mas também eu perguntei pra ela o tempo, ela quem não quis falar... Só porque eu faltei no dia em que ela disse ter explicado o funcionamento da coisa... Enfim... Eu estreei as apresentações, dei a cara pra bater. É isso aí.

3 comentários:

Júlio Boaro disse...

Olá Maurício, claro que tenho interesse. E o nosso grande oráculo indexador também =)

Estamos acompanhando seus passos.

Clara Liz disse...

Ref. "algo sutil, mas está indo":
Quando o assunto é vegetarianismo, a sutileza (na maioria das vezes) consegue proezas que um soco na cara não conseguiria...
Alguma reflexão ou atitude surgiu a partir do incômodo?

Mao disse...

Bem, houve alguns comentários foram feitos, sobre "efeitos do capitalismo", "imagens horríveis", e até mesmo uma mocinha que resolveu me declarar "eu adoro carne! morte aos animais!". bem, neste caso, como não havia mto tempo, e nem dava pra ficar discutindo muitos na hora, apenas perguntei: o quê? e ri. não havia muito a fazer.

o legal foi que a professora colocou cada um para opinar mesmo, e de fato fizeram algumas reflexões, nem sempre relacionadas à questão animal, mas frequentemente à parte estética mesmo, que era o foco geral da coisa. o importante foi que a turma de pós-graduandos ou quase em artes teve que acompanhar bem o raciocínio a respeito deste imaginário distorcido animal.

e me parabenizaram pelas reflexões. espero que nas próximas aulas venham me perguntar mais, eu mesmo vou levar uns livretinhos e DVDs para emprestar aos interessados...

E sobre detalhes do trabalho, você pode ver aqui neste post que fiz depois.