terça-feira, 22 de maio de 2007

solução vídeo compactado - roteiro - parâmetros

olha, lembra q eu tava ontem com problemas pra editar um vídeo? então, cheguei a uma conclusão. (por enquanto)

não consigo compactar o áudio do vídeo nem pelo premiere nem pelo virtual dub. não aparece a opção mp3, que seria a ideal. e em outras opções, o áudio fica abafado. então deixei sem compactar.

para passar um arquivo de vídeo para outros verem, compactei o vídeo com o padrão cinepak (dimensões 320x240). aí fica granulada a imagem, mas razoável, e um tamanho razoável de uns 100 megas.

=========

solução mesmo: mas o melhor mesmo é fazer o que tiver que fazer no vídeo no premiere, e exportar sem compactação nenhuma (mas em formato AVI Windows). (pois é, testei nas outras compactações de vídeo, e só dava podreira) vai dar um arquivo de tamanho gigante, tipo 1 giga e 310 megas para apenas 3 minutos. tamanho típico de qualidade dvd, ou até um pouco mais (pelas contas que eu fiz com o padrão do iberê, cada giga em qualidade dvd dá 4 minutos e meio... mas enfim, é por aí).

mas não se preocupe, você já vai apagar esse arquivo enorme do seu computador. mas antes use o software virtual dub (atualmente a versão estável é a 1.6.18, ou seja, nesta página http://virtualdub.sourceforge.net/, clique no link http://prdownloads.sourceforge.net/virtualdub/VirtualDub-1.6.18.zip?download ) para fazer o download do software. é bem levinho.

então, abra nesse virtual dub o arquivo enorme que você fez, sem compactação, escolha a opção vídeo, compression. lá, escolha xvid mpeg4 (você deve ter previamente instalado o xvid no seu micro, segundo o meu post anterior). então escolha configure, calc, e lá escolha a duração do seu vídeo e quanto você quer aproximadamente que ele fique de tamanho. (vai dar até menos que isso, não entendi bem mas funciona)

depois, vá em áudio, selecione full processing mode, e depois volte para áudio, q vai aparecer a opção compression disponível. então vá lá e selecione mpeg layer 3, ou seja, o popular mp3, que é o melhor para compactar áudio.

então, lá em File, escolha save as avi, e pronto! dê um tempinho e você terá um vídeo lindo e levinho, com a mesma qualidade do pesadão (de 1 giga e 300 megas, obtive um vídeo de 35 megas apenas), com a mesma qualidade!!! o problema? só poderá assistir esse vídeo que também tiver instalado no computador o xvid. mas tudo bem, você só vai usar esse vídeo pra jogar no youtube, onde ele será tranformado em flv, um formato de flash. então, se vc tiver como converter direto pra flv, fica até mais rápido pro seu vídeo aparecer no youtube (conforme uma dica de um blog que citei no último post)

mas e pra converter pra flv? pode usar o site zamzar - http://www.zamzar.com/ - indicado pelo meu amigo e colega da escola do futuro, Julio Boaro, no Blog do AcessaSP. apesar de que pra mim não deu certo converter pra flv, mas deu pra mp4 e tb pra mpg.

ou então manda direto pro youtube...

(ah, sim, além disso tudo, tb faltou alterar o "palco" de edição. ao criar o projeto no premiere, eu tinha que antes de começar a trabalhar no vídeo, configurar o projeto como 320/240 de dimensões e AVI Windows, ao invés de qualidade DVD, já que o arquivo de vídeo que eu editaria já era de pouca qualidade mesmo)

(outro adendo, outro problema: acontece que não queriam que eu colocasse no youtube... queriam que eu gravasse um CD com o resultado final. bem, e não daria pra eu colocar aquele vídeo de 1 giga e poucos lá... e seria muito desperdício. pois bem, então, pra resumir, o que eu fiz? depois de editar com premiere e obter um avi enorme, converter para avi xvid pequeno, usei o zamzar para converter para mpeg de 23 megas (tb pequeno, mas possível de ver em vários micros diferentes, conforme testei! perfeito! ufa!).

========

tb aproveito para repassar umas dicas e parâmetros que o meu amigo e ex-colega de faculdade Iberê Thenório me passou, super-fera em vídeo (acho que não vai se importar de eu republicar aqui... tava só no meu e-mail do Yahoo, tem vezes que tenho que consultar, aqui é mais fácil). essa dica ele me passou quando eu tava lá em Barcelona, e queria editar e mandar um vídeo pro Brasil:

"1 - É possível passar o vídeo pelo Gmail, mas acho que ele deve aceitar até no máximo uns 15 megas. Você teria que compactá-lo, e para isso teria que ter, pelo menos, o Adobe Premiere, que é o mesmo aplicativo que pões legendas.

2 - Compactando, o vídeo perde beeeem a qualidade. Ou seja, não é muito legal trocar vídeo pela intenet. Pra você ter uma idéia do tamanho comum de um arquivo, cada hora filmada em mini-DV ocupa 13 Gigabytes (sim, GIGAS!). Conforme você vai compactando, perde qualidade. A qualidade DVD ocupa em média 2 gigas por hora (um filme de 2 horas ocupa todo um DVD de 4 gigas), e o divX, que é o limiar da compactação sem muita perda de qualidade, faz com que o vídeo ocupe 300 megas por hora, em média.

A melhor solução pra você: descolar o Adobe Premiere (é relativamente fácil de mexer, eu acho que você se vira bem nele), compactar o vídeo em formato mpeg, e descolar um FTP pra mandar os arquivos. Arranje algum site que oferece espaço para hospedagem e coloque o arquivo lá. Aí a menina baixa aqui e grava um CD."

Um comentário:

epaduel disse...

Olá,vc já tentou ripar para o formato rmvb? A Real networks, empresa que faz o Real Player, desenvolveu esse formato que consegue uma taxa de compressão superior aos *xs atuais. Você pode confortavelmente
ripar um vídeo de 40min em 130mb. Para hospedagem tente o mediamax (mediamax.com). O plano free disponibiliza 25gb.