sábado, 8 de março de 2008

Data para virar vegano! Refletindo sobre respeito, paz e cultura...

Depois de 1 ano bastante esclarecedor, o mais pacífico de toda minha vida, sem me alimentar da morte de outros animais sensíveis...

resolvi marcar a data para me tornar vegano: segundo domingo de abril.

a partir desse dia, nao vou consumir mais nada de origem animal, como leite de vaca ou de outros animais, incluindo seus derivados, como queijo, iogurtes e chocolate com leite, mel, etc....

eu já estava até me sentindo mal por consumir essas coisas, com um peso na consciência; além de já sentir na minha boca uma coisa meio pastosa desagradável...

mas vou chegar lá gradualmente: a partir de hoje já vou consumir apenas 3 dias por semana derivados. passando por 2 dias, e 1 dias por semana. ao menos ovo já não consumo há cerca de um mês e pouco.

==================

me dei conta de que nao dá pra falar em direitos animais, em animais com direito a nao ser simples objetos, reles propriedades, assim como foram os negros escravos há tempos atrás, sem ser vegano. é claro que isso exige força de vontade para vencer o costume arraigado e capitalista nesta nossa sociedade... que, por meio de uma coisa chamada "cultura", nos faz esquecer do desrespeito a tantos...

nao só animais não humanos são desrespeitados com este nosso olhar para o próprio umbigo. mas também vários outros humanos, pobres, miseráveis, discriminados, rejeitados...

a consciência de libertação animal inclui a da libertação humana. claro, já que os humanos são uma espécie animal. quando as pessoas passam a reconhecer o preconceito orgulhoso de nao respeitar um animal só porque ele nao é da mesma espécie que a sua, de se importar com seu sofrimento e seus interesses, muito mais fácil acaba sendo reconhecer a necessidade de respeito aos da mesma espécie.

mas por que então se preocupar com os outros animais? porque eles passam pela pior falta de respeito que um ser consciente hoje em dia passa.

================

saiba mais:

http://www.direitosanimais.org/conteudo/a-pratica-dos-direitos-animais-o-veganismo.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Veganismo

http://www.institutoninarosa.org.br/ali_veganismo.html

4 comentários:

Andréa N. disse...

Ueba! Welcome to the club! Você falou tudo, não há nem o que completar. Te desejo sucesso e sei que vai ser fácil pra ti. Você nasceu pra ser vegano, Maurício. Até o título do post rimou, hehe. Se precisar de receitas e idéias, estamos aí. Tudo de bom!

Mao disse...

rs, e não é que rimou mesmo? putz grila, que legal! KANNO VEGANO!!! rsrsrs

pois é, eu estava com muito medo de não conseguir, e adotar esta atitude mais forte... mas depois de um ano conversando, pesquisando, conhecendo gente, aprendendo sobre o assunto... eu me sinto mais preparado.

o engraçado é que é justamente agora que voltei a morar com meus pais... que bagunça que está sendo! baita exercício! ao menos minha mãe até me pediu algumas receitas...

(e passei para ela de algumas revistas, que nunca fiz, por sinal, por ser muito preguiçoso, rsrs)

é claro que sempre agradeço indicações pra mami, se ela tá disposta a preparar! brigadão!

Andréa N. disse...

Mas olha soh, preparar o que vc vai comer eh uma parte importante de ser vegano. Eu nao posso falar muito porque quem mais cozinha em casa eh o marido, mas eu participo do procesos inteiro, seja ajudando a cortar coisinhas ou fazer compras, discutir uma receita legal, trocar ideias, tirar fotos, explicar no blog... Deixar a preguica de lado vai acabar sendo resultado da tua dieta, vc vai ver...

Andréa N. disse...

Mauricio, lembra que estavamos planejando falar sobre a B12? Finalmente publiquei um pouco sobre ela. Depois vai la dar uma olhada. O assunto nao se esgota, claro. Mas eu precisava comecar a falar disso. Abraco.